Venha conhecer. Consulte as condições através dos nossos contatos.

Venha conhecer. Consulte as condições através dos nossos contatos.

Venha conhecer. Consulte as condições através dos nossos contatos.

Vila "Medieval" de Óbidos

Pela sua excelente localização estas terras desde sempre foram habitadas, o que se confirma pela estação do Paleolítico Inferior do Outeiro da Assenta. Aqui se formou um castro Celtibero, voltado a poente. Sabe-se que aqui comerciaram os fenícios, e hoje com mais propriedade que os Romanos aqui se estabeleceram, sendo provável que a torre sul do Facho, tenha tido a sua origem numa torre de atalaia de construção romana, como posto avançada da cidade de Eburobrittium, grande urbe urbana encontrada e em fase de trabalho arqueológico.  

Em 11 de Janeiro 1148, o primeiro rei, D. Afonso Henriques, tomou Óbidos aos árabes, após o cerco de Novembro anterior.

A reforma administrativa de D. Manuel I dá a Óbidos em 1513 novo Foral, sendo esta época muito intensa em requalificações urbanas.  

Os principais monumentos e locais da Vila são: Porta da Vila, Igreja de São Pedro, Igreja da Misericórdia, Praça de Sta. Maria, Igreja de Santa Maria, Rua Direita, Castelo, Jogo da Bola, entre outros.

 

Para além das muralhas, belas ruas e casas tradicionais, e maravilhosas igrejas, tem um conjunto de espaços onde pode contactar com o rico património da Vila, como o Museu Municipal de Óbidos, o Museu Paroquial São João Baptista, o Museu Abílio de Mattos e Silva, a Casa do Arco, a Galeria Ogiva, Galeria do Pelourinho e o Centro de Design de Interiores Maria José Salavisa.

Óbidos pertenceu ao pentágono defensivo (dos cinco castelos), do centro do reino, idealizado pelos Templários.  

Com a oferta de Óbidos como prenda de casamento de D. Dinis a sua esposa D. Isabel, a Vila ficou pertença da Casa das Rainhas, só extinta em 1834, e por aqui passaram a maioria das rainhas de Portugal, deixando grandes benefícios. D. Catarina manda construir o aqueduto e chafarizes.

A "Fortaleza Natural da Arte", como chamaram a Óbidos alguns historiadores do século XVII, teve uma função militar importante durante o período medieval. Cercas e ameias, torres e torreões, portas e postigos, fazem de Óbidos uma referência da arquitetura militar.

 

Óbidos, a "Vila Medieval", também é um espaço urbano do Renascimento e do Barroco. Circule pela vila e pela sua história percebendo a evolução e transformação dos seus habitantes e o consequente reflexo na malha urbana.

 

Óbidos é uma aula sobre o azulejo em Portugal. Um painel de culturas que absorveu todas as inovações nacionais e internacionais que fizeram do azulejo a mais forte expressão artística em Portugal. Óbidos permite traçar uma linha histórica desde os azulejos hispano-mouriscos, aos padrões têxteis do século XVII, ao pioneiro azul e branco, às grandes composições joaninas.

Há muito mais para ver. Venha conhecer.

 

© 2015 Antiga Portugueza Unipessoal, Lda - Todos os direitos reservados. - RNAAT Nº 144/2014 - Política de Privacidade e Cookies.

60,00 €

47,50 €

40,00 €

37,50 €

Venha conhecer esta lindíssima vila na sua muralha medieval, que mantém a traça arquitetónica da típica casa portuguesa. Com guia privativo(em português, espanhol e inglês) e transporte exclusivo.

(Duração estimada do Tour: 6 horas)

87,50 €